Polícia

Piloto que aparece em vídeo agredindo a namorada advogada em Goiânia é preso

O piloto de avião Victor Augusto do Amaral Junqueira, de 24 anos, foi preso. A Polícia Civil confirmou o ato na tarde desta segunda-feira (17). Victor foi filmado agredindo a ex-namorada Luciana Sinzimbra, no fim do ano passado, em um apartamento de Goiânia. O caso ganhou repercussão nacional após as imagens serem compartilhadas nas redes sociais e celebridades se posicionarem em favor de Luciana, como a atriz Bruna Marquezine.

Victor teve a prisão preventiva decretada pelo 4º Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Capital e, nesta tarde, se apresentou espontaneamente ao Grupo de Capturas e Apoio Operacional (CAOP) da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Anápolis.

A juíza Liliana Bittencourt relatou na decisão que Victor descumpriu medidas protetivas em favor da vítima. No intervalo de um mês, ele teria cometido 12 violações de área de exclusão e duas de fim de bateria da tornozeleira eletrônica. Conforme a magistrada, mesmo monitorado, o piloto violou a área de proibição de aproximação. O mandado de prisão foi expedido na última sexta-feira (14).

Victor já foi conduzido à Unidade Prisional de Anápolis. O advogado de defesa de Victor, Regis Menezes, informou que irá recorrer da decisão. Ele afirmou que eles não receberam a intimação, nem a notificação da decisão judicial, mas que desde sexta-feira (14), Victor está à disposição da Justiça. Regis ressaltou que soliticitou todo o detalhamento das violações, pois todas teriam acontecido de forma involuntária.

No início de março deste ano, a advogada Luciana Sinzimbra comentou a informação de que Victor passaria a utilizar tornozeleira eletrônica. Na época ela disse que não se sentia segura com a medida. Segunda ela, naquele período, o agressor já tinha desobedecido à ordem judicial e voltado a procurá-la. A decisão estabelecia que o piloto mantivesse uma distância de no mínimo 300 metros da jovem. Ele não deveria manter contato com a vítima em hipótese alguma.

As agressões ocorreram no dia 15 de dezembro em um apartamento no setor Marista em Goiânia. As imagens mostram o casal chorando. Logo os dois começam a discutir e na sequência a mulher é agredida várias vezes com socos e tapas.

O Popular > Editado por Like News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar